Motorista de Minas pode baixar a versão digital do licenciamento de veículo

Motorista de Minas pode baixar a versão digital do licenciamento de veículo

O Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) apresentou a versão eletrônica do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) em Minas.  Os documentos obrigatórios para a condução de um veículo – o CRLV e a Carteira Nacional de Habilitação  Digital (CNH) –  estão disponíveis no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), que pode ser baixado gratuitamente pelo motorista.  O procedimento de obtenção do CRLV e da CNH digital é 100% online. Não é necessário o comparecimento ao Detran-MG.

A digitalização é opcional e os motoristas ainda vão receber a versão impressa. No entanto, de acordo com o presidente da Codemge, Rodrigo Paiva, o processo de digitalização dos documentos pode representar economia para o Estado na ordem de R$ 100 milhões. Atualmente, o estado gasta apenas com o envio do documento impresso pelos Correios R$ 49 milhões.

A versão digital da CNH já está disponível desde 2017 e agora o motorista poderá também ter a versão digital da CRLV, ambos no mesmo aplicativo. Dos 7 milhões de motoristas em Minas, apenas 400 mil fazem uso da CNH digital. O estado fica atrás de São Paulo, com 900 mil motoristas, no ranking de adesão à facilidade.  “O condutor que já tem a CNH digital só vai aderir à CRLV digital”. O cadastro é feito por meio da informação do CPF. Caso o motorista queira, o aplicativo pode ser somente para o CRLV.

Como fazer?

Para obter o aplicativo, basta ao motorista acessar as lojas de aplicativos (Google Play e App Store) e baixá-lo sem nenhum custo. Na sequência, é necessário fazer o cadastro que é rápido e fácil. A delegada lembra que a versão digital pode ser mais prática e é bastante segura. “A nova versão traz mais comodidade para o cidadão, que não precisa mais estar com o documento físico para conduzir o veículo. Ele pode utilizar o documento digital por meio do aplicativo que ele baixa no celular e ele tem a mesma validade do documento físico.

Como muitos motoristas usam o mesmo veículo, é possível que o CRLV digital seja compartilhado. O compartilhamento pode ser realizado para até cinco pessoas ao mesmo tempo. Quem recebe o CRLV digital por compartilhamento não consegue exportar ou compartilhar o documento, mas pode apresentá-lo às autoridades de trânsito. “É mais um benefício que o aplicativo traz, ele pode ser compartilhado com um grupo: filhos, maridos, mulher, pai e mãe. A pessoa que vai receber o compartilhamento tem que baixar o aplicativo. Ela recebe uma notificação para aceitar o compartilhamento. Da mesma forma que pode ser compartilhado, pode ser cancelado”, informa a delegada.

Segurança

documento digital é protegido por uma senha dea cesso de quatro dígitos, exigida para o login na Carteira Digital de Trânsito.  O acesso também pode ser feito com a impressão digital do usuário nos dispositivos móveis que possuem leitor de biometria.

A autenticidade do documento é grantida pelo QR Code, que pode ser lido para verificar se h´alguma falsificação do documento durante uma fiscalização de trânsito.

Passo a passo

– Baixar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito;

– Acessar ao sistema do Denatran;

– Se for o primeiro contato fazer o cadastro. É preciso informar o número do CPF;

– Preencher os dados pessoais;

– Receber e-mail ou SMS para confirmar a senha;

– Cadastrar senha de quatro dígitos;

– Após o login, selecionar a opção “Veículos”, em seguida informar o número do Renavam e o Número de segurança do CRV.

Deixe um comentário