CONFIRA QUAIS INFRAÇÕES DE TRÂNSITO CAUSAM A APREENSÃO DO VEÍCULO

CONFIRA QUAIS INFRAÇÕES DE TRÂNSITO CAUSAM A APREENSÃO DO VEÍCULO

Já ouviu falar de apreensão do veículo?

Pois é, existem penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que, além da multa em dinheiro, também privam o proprietário da posse e uso do veículo por determinado período, dependendo da gravidade da infração.

Licenciamento atrasado

Placa ilegível

Se qualquer uma das placas estiver sem condições de leitura ou visibilidade, o proprietário é “presenteado” com uma infração gravíssima e multa.

Disputar corrida

“Tirar racha” em vias públicas é sinônimo de infração gravíssima com agravante, que eleva o valor da multa.

Promover competições

Organizar corridas ou demonstrações sem autorização prévia da autoridade de trânsito também é considerado gravíssimo e pesa no bolso.

Manobras perigosas

Utilizar o veículo para fazer acrobacias de qualquer tipo – por mais subjetivo que pareça – é considerado gravíssimo.

Placa adulterada

Placas de identificação em desacordo com as especificações e com o modelo estabelecido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) é infração média.

Identificação irregular

Conduzir o veículo com lacre, inscrição do chassi, selo, placa ou qualquer outro elemento de identificação que tenha sido violado ou falsificado é considerado gravíssimo e, além da apreensão, garante multa.

Sem placa

Nada de dirigir o veículo sem uma das placas de identificação, senão, é infração gravíssima e multa.

CNH adulterada

Falsificar ou adulterar a carteira nacional de habilitação (CNH) ou o documento de identificação do veículo? Infração gravíssima.

O que fazer?

Pisou na bola e teve o veículo apreendido? Então, guarde bem a via original do Comprovante de Recolhimento (CRR) ou do Auto de Recolhimento de Documento (ARD), que devem ser utilizados para identificar qual unidade da Polícia Militar fez a remoção.

Deixe um comentário